Contemporaneidades no campo patrimonial: O global e o local

Explorando áreas de trabalho: As narrativas patrimoniais entre o local e o global

Uma outra questão relevante para os Estudos Patrimoniais, que decorre da relação entre o global e o particular, é a consciência de que as narrativas se constituem como representações  e que se expressam através da noção de autenticidade.

A construção de narrativas nos espaço de patrimónios conduziu á criação da noção de pós-autenticidade. Na convenção do património da humanidade já não se aborda a questão da autenticidadedo objeto patrimonial, mas introduz-se a questão da “relevância” para a “compreensão do Valor universal”. A consciência da representatividade do objeto transforma-se igualmente num processo. (A representação do objeto não é valorado pelo seu significado interno (como uma relíquia), mas como um significado posicional (pelo seu posicionamento em relação à produção cultural que representa).

O objeto patrimonial como processo deixa de ser valorado apenas pela sua singularidade, sendo-lha adicionado o valor da universalidade, permitindo essa relação a criação duma mediação entre nós e os outros.

O reconhecimento do outro presente nas declarações sobre a Diversidade Cultural e da Herança Imaterial faz emergir ainda uma questão final. A da participação da comunidade. A consciência do que as narrativas nacionais se constituem como discursos das elites sobre os seus próprios processos de dominação, ainda que muitas das vezes se alicercem no conceito legitimador do “povo”, permite incluir na narrativa patrimonial outros discursos. Na constituição dos discursos sobre os patrimónios, afirmam as declarações, importa legitimar o discurso a partir da participação das comunidades. Uma participação que implica o seu envolvimento nos processos de patrimonialização. O envolvimento da comunidade no processo de classificação dos bens patrimoniais constitui um primeiro desafio para o reconhecimento da diversidade. O discurso deixa de ser um discurso eminentemente produzido pelos “sábios” e permite a inclusão do outros “saberes”.



Citar este post
Pedro Pereira Leite (2014, 17 Fevereiro). Contemporaneidades no campo patrimonial: O global e o local. Global Heritages. Recuperado em 25 de Junho de 2024, de https://doi.org/10.58079/p2er

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.