Políticas Públicas para a Cultura II

Defendi, há poucos dias a necessidade de se fazer um balanço sobre as políticas públicas para a cultura.

Um dos balanços a fazer será no campo das artes. Pelo que se sabe, o balanço do “apoio sustentado nas artes” o novo programa anunciado pelo atual governo para o “o Circo Contemporâneo e Artes de Rua, na área da Dança, na área das Artes Visuais, na área da Música, na área dos Cruzamentos Disciplinares e na área do Teatro” estão para já sobre forte contestação das associações e companhias.

Ver aqui o comunicado da Companhia Mascarenha Martins .

É certo que nestes concursos por edital há sempre um elevada contestação por parte dos agentes que são preteridos. Há também por hábito alterar os objetivos dos apoios, com a cosequente necessidade das organizações culturais a terem que se adaptar às diferentes agendas do tempo.

Mas para além dos sinais de constestação no âmbito desta normalidade, o que significam  e que resultadaso foram alcançadas com as atuais políticas culturais?

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.