A relação Direitos Humanos Direitos do ambiente

Em suma, os direitos ambientais constituem um pré requisito para a concretização dos direitos humanos.

A partir da teoria dos direitos humanos é possível identificar 3 benefícios para a política do ambiente:

  • Uma melhor integração entre os valores humanos a proteger e os e a proteção do valores ambientais identificados
  • Da sua relação emergem obrigações e procedimentos substantivos que os governos e as entidades administrativas devem regular
  • Da relação emergem novas formas de debate nas instituições e nas problemáticas dos Direitos Humanos

Da organização e os procedimentos que resulta da relação entre os Direitos Humanos e o ambiente verifica-se uma necessidade de ampliar os mecanismos de informação à comunidade, de ampliar a sua participação pública nos processos de decisão das questões que lhes dizem respeito, e dum maior acesso há justiça para reparação e minoração de danos.

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


OpenEdition sugere que esta publicação seja citada da seguinte forma:
Pedro Pereira Leite (17 de Outubro de 2017). A relação Direitos Humanos Direitos do ambiente. Global Heritages. Recuperado em 24 de Julho de 2024 de https://doi.org/10.58079/p3dk


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.