As cidades e a Internet das Coisas XVI

O desafio ainda é maior, quando sabemos, que o desenvolvimento das TIC está a conduzir a um forte aumento da automação do usos dos equipamentos, permitindo-os tornarem mais eficientes. A automação dos veículos de transporte pode hoje ser pensada para diferentes tipos de transportes, de acordo com as necessidades da sociedade. Isso permite tornar as comunicações mais fluidas, gerir de forma mais adequada os diferentes fluxos. Isso já está a acontecer hoje, com o usso de auxiliares interativos de comunicação, e será ampliado no futuro.

Estes sistemas inteligentes e “smart” não permitem ligar todos os equipamentos que dispomos, como sobretudo, permitem torna-los mais eficientes, consumindo apenas a energia necessária para otimizar o seu uso. A automação dos equipamentos não permite apenas melhorar o desempenho das máquinas, também permite aumentar o tempo disponível para o lazer e para estar em comunidades.

Através dos diferentes dispositivos eletrónico é hoje possível suprir as diversas necessidades do dia-a-dia, incluindo o comércio eletrónico. Com redes e comunicações eficazes tudo pode ser resolvido de forma fácil. E não se trata apenas do comércio. A maioria das obrigações legais pode hoje ser resolvida através da e-administração, incluindo a representação democrática e a participação nas decisões da vida da comunidade. O desenvolvimento da interação, a custos que hoje são bastante baixos, permite pensar em sociedades digitais mais inclusivas, melhorar a eficiência dos equipamentos e melhorar a eficácia das ações. É contudo necessário não esquecer, que este mundo digital comporta igualmente riscos. Um dos maiores riscos é o sedentarismo e a alienação social. Por isso, a digitalização da sociedade tem que ser acompanhada por um incremento da vida cultura e criativa das comunidades, do estímulo nos processos de encontro.



Citar este post
Pedro Pereira Leite (2017, 16 Setembro). As cidades e a Internet das Coisas XVI. Global Heritages. Recuperado em 23 de Junho de 2024, de https://doi.org/10.58079/p3cn

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.