Museologia e Cidade: Diálogos ausentes

18 de maio de 2017 – 10:00 – 18:00
Casa dos Amigos do Minho, R. do Benformoso 244, 1100-395 – Mouraria -Lisboa.

O Seminário MUSEOLOGIA E CIDADE: DIÁLOGOS AUSENTES adotando o princípio da multivocalidade, respeitando o direito a voz e o direito a escuta, propõe para o dia 18 de Maio – Dia Internacional dos Museus, discutir as práticas de auscultação e do diálogo simétrico, no âmbito da Sociomuseologia. A partir das narrativas de Associações Culturais de Lisboa e da Área Metropolitana sobre os trabalhos que estas vêm desenvolvendo acerca das memórias, identidades e patrimónios no território onde atuam, propõe a escuta ativa partir do lugar de enunciação dos diversos grupos sociais que compõem a cidade, que na maioria das vezes, não estão representados nos espaços de memórias, sobretudo nos museus.
O ICOM elegeu como tema para o 18 de maio, dia Internacional dos Museus o tema “Museus e histórias controversas: Dizendo o indizível nos museus.” Esta proposta destaca o papel dos museus como lugares de encontro e de mediação nas relações entre os povos. O tema nos convida à reflexão sobre formas e caminhos para aceitar os passados controversos como um primeiro passo para imaginar um futuro comum a partir da diversidade.
A escolha do indizível nos museus, como tema de trabalho, convida-nos a atuar na mediação dos traumas de histórias passadas, dando espaço e respeitando o direito de voz e de escuta da diversidade de pontos de vistas, procurando imaginar novos futuros construídos com base na Dignidade Humana, e incluir temas e questões tabus que permitem uma compreensão mútua.
A nossa proposta neste Seminário surge a partir da nossa observação dos diálogos ausentes com a cidade contemporânea por parte de alguns setores da Museologia. A cidade contemporânea nos impõe desafios que muitas vezes passam à margem dos museus. Compreendemos que os museus não podem ser reféns dos seus acervos e têm a possibilidade de refletir e problematizar questões nevrálgicas que atingem as cidades nas quais esses espaços oficiais de memórias estão inseridos.
Organização:
Museologia LusófonaMuseus Afro-digital: Estação Portugal – MINOM

PROGRAMA
10.00 Acolhimento dos Participantes
10.15 -10.30 – Fala de Abertura: Diálogos Ausentes. Newton de Souza
10.30 – 11.30 – Roda de Conversa
• Desafios a partir das experiencias:
o Associação Renovar a Mouraria
o Radio AfrLis – Associação cultural
o Moinho da Juventude –
11.30 – 12: 30 – Debate livre
13.00 Pausa Justa
14: 00 – Museologia e Cidade -Resignificações sobre as Políticas Pública para o Património
• Judite Primo e Pedro Leite “olhares sobre a cidade contemporânea”
• LuziaGomes, Vania Brayner e Mayra Zenun “experiencias e memórias na cidade de Lisboa”
15.00-15.30 Apresentação do Proposta de Museália dos cursos de doutoramento e mestrado em Museologia (2017).
16.00 – Discussão da Cartografia das Memórias da Cidade
16-30 -17.00 –Encerramento – Mário Moutinho : Diálogos Ausentes



Citar este post
Pedro Pereira Leite (2017, 16 Maio). Museologia e Cidade: Diálogos ausentes. Global Heritages. Recuperado em 19 de Junho de 2024, de https://doi.org/10.58079/p39e

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.