Cultura e Dignidade Humana LII – Atacar a desigualdade de género no âmbito do desenvolvimento

As políticas de género deram entrada na Agenda do Desenvolvimento nos ano 70, através dos trabalhos de Ester Boserup que notou que os projetos de desenvolvimento agrícola em áfrica estavam a beneficiar os homens. Eram trabalho que procurava uma mão-de-obra masculina, que produzi uma transferência de tecnologia e saberes que ram apropriados sobretudos por homens, criando ou acentuando as desigualdades de género e criando mais pobreza.

A partir dessa altura aumentou a atenção às mulheres, criando-se um conjunto de política sobre Género e Desenvolvimento. No entanto, essas política foram criticadas, sobretudo por darem mais atenção às questões da mulher, ao invés de problematizarem o género como produtor de desigualdades.

Por exemplo, a questão do transporte de Água, como trabalho feminino, levou a procura de soluções que melhorasse o transporte de água, de forma aumentar o tempo para outras tarefas domésticas, ao invés de procurar identificar e problematizar as razões que levam a uma relºao de género desigual. Isso levou a formulação de Estratégias e Praticas sobre necessidades e interesses do género.

Os projetos sobre género e desenvolvimento foram muito populares criando uma polítuica de género que procura focar-se nas mulheres. Os debates atuais centram-se agora nesta agenda. Alguns grupo criticam a política de acentuar objetivos económicos com base no género, afirmando que o que está em caus é a criação de igualdades de oportunidade. Outros afirmam que o que é importante é manter a agenda focada na questão do género

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.