Os excessos das narrativas sobre o património e a função social dos museus

Oficina de Museologia Social

Os museus e espaços patrimoniais desenvolvem processos que contribuem para um ampla difusão da cultura e da educação nos lugares onde se inserem. Nos dias de hoje, os museus e suas colecções são convocados para desenvolverem uma compreensão dos fenómenos do presente e contribuírem para a justiça, a liberdade e a paz, o fundamento da solidariedade intelectual e moral da humanidade, para a igualdade de oportunidades e inclusão social, para a educação ao longo da vida, na procura da verdade e como lugar de encontro para troca de ideias e conhecimentos.

Todavia nos últimos 40 anos a ideia de património tornou-se uma categoria polissémica e os museus tornaram-se lugares de representações instáveis. Há uma percepção de um excesso de narrativas que cria angustia e desorientação nos atores dos museus e patrimónios

Esta oficina propõe interrogar os processos de representação sobre os museus e espaços patrimoniais a partir dos seus objetos e colecções questionando a função social. Procura abordar os limites e a relevância da Museologia e dos Estudos sobre o Património e o alcance das narrativas sobre o excesso como representações da experiencia da emancipação social. A partir do diálogo com os novos lugares de enunciação do património propõe interrogar os lugares do tempo, do espaço e da individualidade a partir do sensível como expressão da reconstrução da relevância narrativa e a delimitação das fronteiras dos processos gerados

Objetivos

A oficina tem como objectivo interrogar a função social dos museus e suas colecções a partir da compreensividade e no sensível dos processos museológicos. Procura reflectir sobre a forma como os afetos permitem libertar processos de libertação e consciência sobre os desafios pressentidos. A museologia que afeta é aquela que produz inquietação. A inquiet30ão permite a mudança e a libertação da criatividade

 

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


One thought on “Os excessos das narrativas sobre o património e a função social dos museus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.