Novos Desafios para a Museologia Social (IV)

IV – O desafio de tornar as pessoas mais FELIZES?

No final duma visita ao museu social temos de ter consciência do que sucedeu. Encontramos algo, criamos pontes com os outros, estamos juntos num processo. Isso só serve se tomarmos consciência do que somos. Se somos felizes e capazes de concretizar os nossos projetos. Nesse sentido o museu é um local de enriquecimento pessoal e coletivo que torna as pessoas mais capazes de agir na sociedade. Se o museu for um lugar que facilita a consciência de como se olha para o mundo está próximo de concretizar a sua função social.

O sentido dos museus inovadores é o de facilitar a consciência sobre o património que encontramos e como podemos usar isso para fazer coisas novas. O património não é o que se tem mas o que se pode fazer com ele. Serve para podermos viver melhor e mais felizes. Os museus sociais deverão resolver o desafio de serem espaços vivos e de inovação. Laboratórios de experiências e combinação de ideias e de ações.

Poderão os museus ser espaços de encontro onde se produz a transformação dum mundo mais feliz, mais justo e mais solidário?

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


OpenEdition sugere que esta publicação seja citada da seguinte forma:
Pedro Pereira Leite (15 de Abril de 2016). Novos Desafios para a Museologia Social (IV). Global Heritages. Recuperado em 21 de Julho de 2024 de https://doi.org/10.58079/p2zh


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.