Museologia Nómada VIII – Paradoxo na economia

O paradoxo da mudança é bem ilustrado pela Economia.

A mudança nos sistemas económicos  implica uma transformação estrutural que ocorrem em diferentes dimensões temporais.  Aqui se coloca a questão de como se conciliam as transformações no curto prazo com as transformações desejadas para o longo prazo.

Ou seja é necessária uma compatibilização entre o desejo e a realidade. O objetivo que queremos atingir e a situação que temos. No fundo o projeto de “desenvolvimento” é uma arte de transformar desejos em realidade.

Supúnhamos que queremos acabar com a fome no mundo.  Esta metáfora pode ser ilustrada com a questão da errância do bêbado.

A errância é um percurso sem destino.  Para que o bêbado que sai do bar possa encontrar um caminho, tem que existir postes que iluminem o caminho.  Na alegoria do bêbado, o poste é o elemento que ilumina o caminho. Assim todos os postes que estão em torno do bar são marcas do caminho.

O projeto   define um objetivo e coloca marcas que definem o caminho.  Nesse sentido todos os projetos são como a laegoria do bêbado. A escolha dum indicador é feita sem uma variável independente. Raramente é colocada como uma relação com outras variáveis.

Sendo a medição do sucesso a evolução duma taxa, esse sucesso, considerado independentemente das demais relações com a sociedade, com a economia ou com o ambiente, essa medida não é mais do que uma ideia da realidade. Nessa medida, a evolução da realidade que mede é apenas uma parcela que partindo dum dado tempo, não de projeta no tempo longo. Não há uma ligação entre os objetivos de curto e longo prazo, ainda que as intenções se projetem nesse tempo longo.

 

 



Citar este post
Pedro Pereira Leite (2016, 25 Março). Museologia Nómada VIII – Paradoxo na economia. Global Heritages. Recuperado em 19 de Junho de 2024, de https://doi.org/10.58079/p2yw

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.