Cultura para o Desenvolvimento Sustentável

 

No momento em que a comunidade internacional se encontra a debater os objetivos de desenvolvimento para além de 2015, todos os esforços se concentram em colocar a cultura no centro da agenda do desenvolvimento global. A cultura é quem nós somos e o que molda a nossa identidade. A cultura contribui para a redução da pobreza e abre o caminho ao desenvolvimento humano inclusivo e equitativo. Sem ela, o desenvolvimento não poderá ser sustentável. Colocar a cultura no centro das políticas de desenvolvimento constitui um investimento essencial para o futuro do mundo e uma condição prévia a processos de globalização bem-sucedidos que integrem o princípio da diversidade cultural.

A Convenção visa a criação de um ambiente favorável, no qual a diversidade das expressões culturais se pode afirmar e renovar em benefício de todas as sociedades



Citar este post
Pedro Pereira Leite (2016, 14 Janeiro). Cultura para o Desenvolvimento Sustentável. Global Heritages. Recuperado em 3 de Março de 2024, de https://doi.org/10.58079/p2y4

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.