Excessos XXI – O caminho de Gilgamesh – ensaio sobre um bailado

caminhodeguilgamesh

Publicado pelos Estudios Cor em 1967 por Nelson Gerado.

De onde se fala duma história desafiante. Um arqueólogo encontra os vestígios dum bailado em pegadas de argila. Em cada pegada está inscrito um signo. Um signo que se relaciona com as outras numa ordem precisa. Cada uma tem um significado próprio e ao mesmo tempo um significado coletivo. Ao arqueólogo cabe a tarefe de identificar os vestígios e deduzir as ausências.

O caminho de Gilgamesh é um Drama Aforísitico, uma arte de extinsão do surpéfulo. Uma poética que explora as contradições. Uma narrartiva onde pulsa a vida. Um narrativa onde as continuidades marcam as descontinuidades, tal como no som o timbre, na sua cadência, sucede ao silêncio, permitindo escutar as ondas nas sua intermitente reflexão.

O drama aforístico é uma dução (antes da adução, depois da dedução e antes da indução), um numema. Um caminho invertido, da sabedoria para a procura da experiencia da vida, onde recolhe o objeto, para regressar á plenitude. Só a experiencia comunica os seres. Sem identidade e sem experiencai não simpatia trágica.

A experiencia supera a sabedoria, para a ela regressar. Metamorfoseia-se . O excesso como metamorfose.

O diluvio como metamofose.

epopeiadegilgamesh

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.