Fronteiras VI – A Transição

Falamos da evidência da necessidade da transição do modelo de exploração de recursos bio físicos (ambiente) e de organização societal (cultura). Uma transição de deverá assegurar a sobrevivência dos seres humanos e a distribuição justa (com equidade) dos recursos disponíveis. Nada disso será possível sem um processo económico. Um desenvolvimento económico sustentável.

Um desenvolvimento económico sustentável implica a manutenção do crescimento da renda e da sua distribuição pelo espaço. Implica assegurar a manutenção do acesso à terra para produção de alimentos, implica manter a qualidade da terra arável, acesso aos recursos marítimos e sua manutenção. São desafios para toda a humanidade em escala e em ritmo.

Sem pensar na forma como a economia se deve organizar para atingir esses objetivos é um desafio da transição

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.