Excessos XIII – Vontade de Potência

O Eterno Retorno é um conceito não acabado em vida pelo próprio Nietzsche, trabalhado em vários de seus textos aforismo (Assim falou Zaratustra; A gaia ciência; Além do bem e do mal).

O eterno retorno aborda os ciclos repetitivos da vida, a ideia que estamos limitados a um conjunto de factos, que se deram no passado e se repetem no presente, e que eventualmente ocorrerão no futuro. A ciclo do êxtase (guerras, epidemias, ódios, vinganças, ciúmes ) regenerador, ao qual sucedes a temperança.

Com o eterno retorno Nietzsche questiona a ordem da dialética. O mundo não é feito de oposições inconciliáveis, mas como duas faces duma mesma realidade. Polos de complementaridade.

Logo os excessos (o ódio, a angustia, a inveja, a luxúria, a gula, a preguiça, o orgulho) são formas extremadas, instâncias complementares da realidade, que se alternam. Assim o amor exacerbado, a castidade, o activismo, a euforia, a subcomiseração também formas extremadas da realidade: excessos.

Retornando. Como os fenómenos reais carecem de objectividade (ou finalidade) sem os atributos da ação humana (pois se os tivessem não necessitariam dela) a oposição entre os polos complementares não cessa. Assim, sendo o tempo infinito, a relação entre forças complementares é também ela infinita, repetindo-se do passado e no futuro.

Assim o excesso constitui-se como um momento de interrogação do ser. Sobre a sua ação (fazer e estar). Um momento de eternidade. Um momento de questionamento.

O questionamento pode emergir pela moral (ética) ou pela prática, mas implica sempre uma consciência (juízo) sobre o valor particular de cada momento.

Em suma o excesso transporta uma vontade de potência que permite um amor fati ou uma vontade de destino.

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.