Desafios Atuais da Gestão Cultural por Alfons Martinell

Retos actuales de la gestión cultural – 1

Temos vindo a defender que a Gestão da Cultura é um ato profissional, mas também cidadã. Responde a um desfio da envolvente do sistema social para dispor de um sistema cultural que satisfaça as necessidades culturais das pessoas, comunidades, cidades e países.

Este desafio social não é permanente nem imóvel, ainda que alguns âmbitos da cultura se apresentam como inalterados e contaminados pela tradição. Trata-se dum desafio dinâmico que se desenvolve de acordo com o contexto dos processos sociais.

Por isso é necessário analisar os seus desafios e prespetivas de futuro para poder assumir com profissionalismo e integridade a gestão da cultura contemporânea …e futura

Consideramos que na actualidade se respira por todos os lados a necessidade de reflectir sobre os desafios da gestão cultural com urgência e angustia.

Para esse exercício, entre outras coisas, será necessário:

  • Capacidade crítica para colocar sem preconceitos e com rigor, temas , mais do que convenções ou formalismos;
  • Capacidade de efetuar analises profundas da realidade com liberdade intelectual tentando evitar a mediatização dos poderes públicos;
  • Comparação com outras realidades e contextos como um exercício de confrontação que permita gera um novo conhecimento;
  • Capacidade de visão de futuro a partir da projecção de cenários e prospectivas que permitam antecipar as novas realidades e leituras;
  • Assumir esse processo a partir duma prespectiva de inovação, aberto e, porque não criativo;
  • Aceitar uma certa ruptura conceptual com os referentes actuais que defendam a gestão das políticas culturais para ampliar o campo das relações e das interdependências mútuas.

Reconheço que estas capacidades não são correntes no sector cultural, que olha muito para o passado e tende a encerrar-se em si mesmo, quando não a tornar-se antropofágico, colocando-se numa posição em que não corre riscos com base em posições conservadoras e de manutenção da situação.

Intervenção feita na Conferencia sobre Cultura do Consello da Cultura Gallega en Santiago de Compostela em 26 de maio 2015

 

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.