Teses sobre a Filosofia da História II

tese 2 (pp 156-157) walterbenjamimarteepolitica

“Um dos aspetos mais surpreendentes da alma humana é que ao lado de tanto egoísmo no pormenor, o presente, em geral não tem qualquer inveja do seu futuro”.

Essa reflexão de Lotze leva a pensar que nossa imagem de felicidade é completamente marcada pelo tempo para que nos regalou o curso da nossa própria existência. A felicidade que poderiamos invejar não diz mais respsito ao ar que respiramos, aos homens com os quais podemos falar, às mulheres que poderemos vir a possuir possuído. Em outras palavras, a imagem da felicidade é inseparável da redenção. Acontece o mesmo com a imagem do passado que a história faz sua. O passado carrega consigo um índice misterioso, que o reenvia para à redenção.

Pois não somos tocados por um sopro do ar que foi respirado antes? Não existem, nas vozes que escutamos, ecos de vozes que emudeceram? Não têm as mulheres que cortejamos, irmãs que elas não chegaram a conhecer? Se assim é, existe um encontro secreto, marcado entre as gerações precedentes e a nossa. Alguém na terra está à nossa espera.

Nesse caso, como a cada geração, foi-nos concedida uma frágil força messiânica para a qual o passado dirige um apelo. Esse apelo não pode ser rejeitado impunemente. O materialista histórico sabe disso.”

Nesta tese Benjamin fala-nos dos traços que nos chegam do passado e se projetam no futuro. Tratam-se de traços despojados da essência da materialidade. Acentua com isso a dimensão transcendente do ser. A sua dimensão divina que se concretiza na libertação da condição de escravo da matéria. Por isso nos fala da redenção, como esforço de libertação.

Contudo, essa dimensão de redenção, uma visão messiânica de está associada aos destinos do coletivo. Trata-se duma consciência do ser social no seu devir. Uma centelha que permite a cada um encontra-se consigo e com os outros.

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.