A Relevância da Memória Social em Ciências Sociais

memoryreader

Recebi dum amigo uma ligação para um artigo de David Berliner sobre os Abusos da memória: Reflexões sobre o boom da memória na antropologia.

Sendo certo que o trabalho se centra sobretudo na antropologia, valerá a pena alargar o campo de debate a uma área mais vasta, procurando delimitar o seu campo de análise e definir os limites do seu uso. Voltaremos noutra ocasião a este texto. para já interessa colocar em cima da mesa os instrumentos com que temos vindo a trabalhar.

Na nossa tese de doutoramento “Casa Muss-amb-ike: o compromisso no processos museológico“, trabalhamos exaustivamente a questão da Memória social. Nela abordamos a sua génese com os trabalhos de Henri Bergson nos primeiros anos do século XX e dos trabalhos de Maurice Halbawchs. Tracei um quadro genealógico da polissemia do conceito. Em português, logo para iniciarmos as questões da polissemia, como se escreve o conceito: Memória coletiva ou memória social ? Não é indifrente, pois Sociaux e Colective embora integrando a mesma família, não são extamente iguais.

Depois prosseguimos com o uso deste conceito por várias ciências sociais. Abordamos as Teorias das Representações, a questão da identidade social, dos limites da teoria social, a questão dos Lugares de Memória da História.

Uma abordagem que deixa claro a questão do trabalho sobre o fenómeno social da memória. Uma outra questão que levanta um problema metodológico. Sendo a memória um processo cognitivo, que assenta num processo,  a fixação de eventos, emoções, aprendizagens, ou sentimentos pelos indivíduos de modo a mobilizar em determinados contextos é também ela uma questão neurológica. Desse ponto de vista, embora a memória seja individual, ou melhor se manifeste nos indivíduos, a problemática de memória social, ou coletiva, aborda aqueles fenómenos que são relembrados pelo conjunto social. O estudo da memória social tem que analisar os individuos e os objetos que estes produzem, de forma a torna-los socialmente significativos. A teoria do valor patrimonial dos objetos revelou-se útil para entender esse processo.

Estamos pois perante o estudos de fenómenos sociais, que se manifestam em indivíduos, através das suas memórias e objeto socialmente reconhecidos. E como que que essas memórias se formam, como se reproduzem, como são usadas e transformadas pela sociedade, é uma outra interessante questão, que levanta as problemáticas do poder na sociedade. Por essa razão inscrevemos a nossa tese no campo da museologia, uma ciência transdisciplinar que trabalha as questões do poder e da memória na sociedade.

Ora o livro que acima apresentamos, “on collective memory” que já adquirimos posteriormente, no desenvolvimento dos nossos trabalhos nesta área fala-nos desta diversidade. através da apresentação dos autores em pequenos textos, organiza-se em cinco secções.

  • uma primeira secção onde se apresentam os percursores e os clássicos
  • num segunda secção as questões da História, da memória e da identidade
  • na terceira, o poder, a política e a contestação
  • na quarta parte, o processo de mediação, comunicação e transmissão da memória
  • na quinta e última parte, a questão da memória, da justiça na época contemporânea.

Desenvolveremos isto mais à frente com a questão dos abusos da memória na antropologia

 

 

 

Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.