CIII – Cultura e Dignidade Humana – Lugares das Economias Criativas

Apresentamos a dinâmcia da co-criação, os projetos das cidades criativas, e o papel das redes de desenvolvimento e comunicação para promover o mercado de produtos criativos

Sumario:

  • Descrever as dinâmicas da co-criação, os clusters criativos e as cidades criativas;
  • Identicar a relevância das parcerias e das redes para a promoção da cultura do empeendorismo criativo;
  • Reconhecer a importância de estar ligado e das plataformas digitais para os produtos criativos

 

No nosso mundo globalizado e intedependente, pessoas, mercados e lugares estão interconectados. Para entender a dinâmica da economia criativa, os indivíduos e as organizações devem ser proativos e estarem envolvidos no setor criativo, mas duma forma em que interagem uns com os outros. A economia criativa é uma grande rede que envolve múltiplos atores.

Para ser ser eficiente, a economia criativa necessita de ser inclusiva. Requer um processo de participação, o que significa que deve juntar e envolver os representantes do setor público, do setor privado e do setor solidário (ou não lucrativo /economia social) e sociedade civil.

A Economia Criativa tem as suas peculiaridades. Grupos ou locai de economia criativa podem surgir em qualquer lugar. Mas o seu crescimento pode ser exponencial se as condições para a constituição de clusters puderem emergir. A proximidade a um cluster é uma condição qu permite às empresas criativas sobreviverem e crescerem.

Todas a industrias criativa tem a sua estrutura organizacional, mas normalmente envolvem áreas de artesanato, música, filmes, artes visuais, novos media, moda, etc. que tende a clusturizar para criar economias de escalas. Os profissionais das artes e criação podem beneficiar dos mercados e da informação, podem partilhar cursos e conhecimentos. De certa forma eles são competidores mas são ao mesmo tempo colaboradores entre si, uma vez que aproveitam os saberes e os fazeres locais.

Um exemplo bem conhecido da clusterização das industrias criativas é Hollywood nos Estados Unidos e Bollywood em Bombaím na India.

 


Pedro Pereira Leite

Researcher and professor. He had his PhD. on museology in 2011, with the title “Muss-amb-ike Homeland: The commitment on musicological process”, that was published in 2011. In 2012 he finishes a Post-PhD Research on "Biographical Glances: The intersubjectivity poetry on museology, at Lusófona University (Lisbon). Presently he is working in his Post PhD. Research about: “Global Heritages" with the aims to build a network on local cognizance and memory manager has a tool to build the will of action in 3 different communities, linked by past communed heritages.” He works at CES. He participates on different Research network, presented papers in national and international conferences, and had published books on research subjects.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusYouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *